segunda-feira, 9 de novembro de 2009

dor de gente

nada mais acontece
nesta inolvidável vida
apenas a mente enlouquece
matando este corpo de memória perdida

os gestos já não são iguais
e os gritos demais

3 comentários:

Um Olhar disse...

Há sentimentos que podem destruir.
O teu poema, é daqueles que grita em silêncio.

Bjo
Fatima

continuando assim... disse...

caro José Grilo

estranhei a sua ausência de resposta.

cordialmente

Teresa Queiroz

continuando assim... disse...

caro José Grilo
estranho não ter o meu livro "continuando assim ... " nos seus favoritos, visto que demonstrou tanto interesse no mesmo :) fico contente por saber que gostou do livro e desde

parabéns pelo blogue e pelas suas escolhas :)

espero que esteja a correr tudo pelo melhor em relação a si .
Quanto à sua proposta de aquisição de 200 exemplares do meu livro para uma Instituição Humanitária em Moçambique .... ainda aguardo a sua resposta .

Teresa Queiroz