quinta-feira, 6 de agosto de 2009

(II)

...

Um comentário:

Um Olhar disse...

Não sou pessoa de defender ou atacar, muito menos para discutir política, achei piada alguns pontos que focas-te, e fiquei tentada a deixar a minha opinião: para mim é uma vergonha de momento, nos partidos políticos não haver um que escape, é só promessas, fazem tudo para chegar ao poder.
Dizem mal uns dos outros, depois sentam-se á mesa em grandes jantaradas, com vinho e charutos á mistura, palmadinhas nas costas e sorrizinhos. Depois é cada um para o seu canto e toca a esfaquear. É sempre assim, eu já não me admiro nada, isto é política.

Depois ficam admirados com a enorme abstenção.
Exige-se rigor!

Bjo
Fatima