quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

consumado

rebelde devaneio
que fez-te minha

outrora já o eras.

Um comentário:

Marta Vasil disse...

Que bons momentos de pequenas/grandes leituras nos tem ultimamente proporcionado.

Um abraço

MV