domingo, 2 de novembro de 2008

o preço

trago pedras no sapato

e com elas caminho

nos meus dias de torturas ocas

trago dores

e nos pés o sangue

derramado

que os erros da vida

teimam em ensinar-me…




GE3 em: 22/09/2008

2 comentários:

nas asas de um anjo disse...

a dor mt bem descrita, num poema profundo, em jeito simplista!

Um Olhar disse...

Muito Bonito, e delicado, terno, sensivel, este teu poema. Composto de palavras comuns e frases simples mas ... que dizem tanto!

Obrigada :) pela vizita e pelas palavras deixadas no meu blog...

BJo

Fatima